Simon: Privatização envergonhada

 


O processo de privatizações no Brasil ainda não teve, por parte da sociedade, uma reflexão profunda sobre sua motivação, modelo empregado e resultados alcançados. Temos hoje dois símbolos polêmicos desse processo, distantes no tempo, porém semelhantes no grau de controvérsia despertado, especialmente da sua importância estratégica para o país.

A Vale do Rio Doce, a segunda maior mineradora do mundo, foi vendida em 1997 por cerca de R$ 3 bilhões, uma bagatela, enquanto seu valor de mercado era avaliado em dezenas de vezes esse preço. O feito sucedeu um programa de desestatização que retirou do controle do estado os setores de fertilizantes, petroquímico e siderurgia.  As circunstâncias da venda da Vale ainda alimentam suspeitas. O mesmo aconteceu com a privatização da estatal  de telecomunicações, que resultou inclusive na renuncia de um ministro durante audiência no Senado.

A bola da vez é o leilão da imensa reserva de oito a 12 bilhões de barris de petróleo do pré-sal deLibra, na Bacia de Santos. A primeira crítica, que surpreendeu pela contundência, partiu de um ex-presidente da Petrobras, secundado por trabalhadores e engenheiros da empresa, num crescendo que envolveu dezenas de entidades e movimentos sociais. A operação dessa gigantesca reserva serve mais aos interesses dos grandes consumidores do óleo, como Estados Unidos e China, desejosos de ampliar a produção e baixar os preços, do que dos produtores. Entre eles o Brasil, que privatizou uma riqueza finita por alguns trocados imediatos.

Havia antes uma ideologia a sustentar no discurso oficial a necessidade de redução do Estado,  numa submissão a um liberalismo tardio.Atualmente, assistimos a uma privatização envergonhada, que não ousa dizer o seu nome, justificada apenas pela falta de dinheiro em caixa. 

*Pedro Simon é senador da República pelo PMDB-RS.

Fonte Correio do Brasil

 

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!