“Queremos ganhar outra década além desta”, diz Cristina Kirchner

  • Presidente da Argentina discursa na Plaza de Mayo, em Buenos Aires, em comemoração aos dez anos de governo kirchnerista

Apoiadores da presidente da Argentina se reúnem da Plaza de Mayo, em Buenos AiresJUAN MABROMATA / AFP

A presidente da Argentina Cristina Kirchner se emocionou ao discursar durante um grande evento, na Plaza de Mayo, em Buenos Aires, para celebrar os dez anos de governo de kirchneristas.

- Esta é a praça de amor pela pátria, não viemos insultar a ninguém, mas sim festejar - disse a presidente, segundo o jornal argentino Clarín. - Junto à minha condição de argentina, como o resto dos 40 milhões, surgem em mim também outras imagens, outras recordações, porque há exatamente dez anos meu companheiro de vida e militância, o presidente - que paradoxo - menos votado de todos os processos democráticos e sem proibições, veio a encabeçar o processo de transformação e de mudança mais importante das últimas décadas.

Cristina defendeu a continuidade do governo, mas precisou voltar atrás na sua fala ao indicar uma possível prolongamento do seu mandato.

- Queremos ganhar outra década além desta - disse a presidente, que, em seguida, minimizou. - Não sou eterna, já disse isso muitas vezes. E tampouco quero ser. É necessário dar poder ao povo destas reformas e conquistas para que nunca mais ninguém os possa tirar.

Durante o discurso, Cristina defendeu medidas tomadas durante sua gestão: a implementação das internas abertas e obrigatórias antes das eleições gerais e a reforma judicial, que estava em votação no Congresso nas últimas semanas.

Após elogiar o peronismo, Cristina fez uma comparação com o presidente Juan Perón e sua mulher Evita.

- Depois de Perón e Evita, somos as pessoas mais indignadas de toda a nossa história, mas não me queixo - disse a presidente.

- Esta é a década ganha pelo federalismo, em que todas as regiões foram incorporadas. E com projetos de obras públicas sem precedentes. Porque não, entre os milhares de pequenos e médios produtores, empresários, e também os grandes que têm conseguido nesta década ganhos, rentabilidade e crescimento de suas empresas as quais têm gerado os milhões de postos de trabalho - enumerou.

Fonte O GLOBO



 

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!