Pulando fora do barco: Temer diz que PMDB pode deixar o governo para ter candidato em 2018

 

Em encontro com advogados norte-americanos em Nova York (EUA), o vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta terça-feira (21) que o PMDB pode deixar o governo “um dia qualquer” caso decida ter candidato próprio ao Palácio do Planalto em 2018.

 

Temer já disse em outras ocasiões que o partido pode lançar candidato à Presidência nas próximas eleições. Na semana passada, ao anunciar o rompimento com o Palácio do Planalto, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), defendeu que o partido deixe a aliança com o PT.

 

“Agora, evidentemente que pode ocorrer um dia qualquer que o PMDB resolva deixar o governo, especialmente se em 2018 pretender ter uma candidatura presidencial. Mas falo singelamente, suavemente, como uma questão política e não uma questão de atrito pessoal”, afirmou Temer.

 

Com informações de G1

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!