Produção industrial patina em 0,6% em outubro

produção industrial brasileira em outubro ficou 0,6% maior sobre o mês anterior. Na comparação com outubro de 2012, a produção avançou 0,9%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, segundo resultado positivo. 

Bens de Capital avançou 0,6%  sobre setembro. Bens Intermediários, por sua vez, registrou alta de 0,3 %.

Já a categoria Bens de Consumo, ainda segundo o IBGE, também mostrou avanço mensal de 0,3 %, com a alta de 1%  em semiduráveis e não duráveis compensando a queda de 0,6%  dos produtos duráveis.

Pelos ramos de atividade, 21 dos 27 pesquisados apresentaram crescimento mensal, com destaque para edição, impressão e reprodução de gravações (13,1%), máquinas e equipamentos (2,7%), refino de petróleo e produção de álcool (2,2%) e indústrias extrativas (2,0%).

Embora o resultado de outubro tenha marcado a terceira alta mensal seguida, o movimento não foi forte suficiente para reverter completamente a queda mensal de 2,5 %  em julho (2,5%), destacando a dificuldade do setor e da economia como um todo em imprimir uma recuperação mais robusta.

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro encolheu 0,5%  no terceiro trimestre deste ano, primeiro resultado negativo e o pior em mais de quatro anos.

Os sinais para novembro não são animadores. A pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) realizada pelo Markit indica que a atividade da indústria voltou a contrair no mês passado, com declínio no volume de novos pedidos e redução da força de trabalho.

O IBGE ainda revisou o dado de produção industrial de setembro ante agosto para alta de 0,5%, ante 0,7 %. Já o crescimento da produção em setembro ante o mesmo mês de 2012 foi revisado para 1,8%, ante 2 %.

 

Com informações do Correio do Povo

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!