PRELÚDIO DE UMA GUERRA

PRELÚDIO DE UMA GUERRA

 

PRELÚDIO DE UMA GUERRA

 
Frank Capra e Anatole Litvak (1942), EUA, 54 min.  
 
Sinopse
O documentário mostra a ascensão do fascismo na Itália, Alemanha e Japão, os ataques à província chinesa da Manchúria (1931), à Etiópia (1935) e outros preparativos que desembocaram na 2ª Guerra Mundial. O filme faz parte da série “Why We Fight”, também composta por “Ataque Nazista” (1943), “Dividir e Conquistar” (1943), “Batalha da Inglaterra” (1943), “Batalha da Rússia” (1943), “Batalha da China” (1944) e “War Comes To America” (1945), produzida pelo Exército dos EUA e supervisionada por Frank Capra.    
 
Direção: Frank Capra (1897-1991) e Anatole Litvak (1902-74)  
Francesco Rosario Capra nasceu na Sicília, mas se consagrou como cineasta nos EUA. Desembarcou no país com sua família em 1903, tornando-se cidadão norte-americano em 1920. Entre 1926 e 27, estreou na direção com três filmes de sucesso estrelados pelo comediante Harry Langdon. Nos próximos dez anos, dirigiria 25 filmes para a Columbia Pictures. 
Antes de se estabelecer como diretor de comédias sociais, Capra se tornou conhecido como um eficiente artesão de produções rentáveis. A partir da Década de 30, seus filmes compõem um penetrante painel do New Deal, a reação da sociedade à Grande Depressão, ao retratarem homens simples lutando para defender seus valores contra capitalistas gananciosos e instituições corruptas.
Frank Capra dirigiu 54 filmes, entre os quais “Loucura Americana” (1932), “Dama por um Dia” (1933), "Aconteceu Naquela Noite" (1934), "O Galante Mr. Deeds" (1936), "Do Mundo Nada se Leva" (1938), “A Mulher Faz o Homem” (1939), “Meu Adorável Vagabundo (1941), “Esse Mundo é um Hospício" (1944), "A Felicidade Não se Compra" (1946). Engajou-se também na realização de documentários que popularizaram a política de Roosevelt em relação à 2ª. Guerra Mundial. Ao longo da vida, Capra foi homenageado com seis estatuetas do Oscar e recebeu o Leão de Ouro (Festival de Veneza, 1982), em reconhecimento à sua carreira.  
Mikhail Anatol Litvak nasceu em Kiev, Ucrânia. Em 1915, começou a trabalhar como ajudante e depois como ator em um teatro de São Petersburgo. Após a Revolução, foi assistente de direção no estúdio Nordkino Leningrado e, em pouco tempo, começou a dirigir curtas. Em 1925, partiu para Berlim, trabalhou na edição do filme de Georg Wilhelm Pabst, "Rua das Lágrimas" (1925), e realizou seu primeiro longa, "Dolly Macht Karriere" (1930). Com a ascensão do nazismo, mudou-se para a França e dirigiu cinco películas, entre as quais o sucesso internacional “Mayerling" (1936). De 1937 a 1941, atuou nos EUA como diretor contratado da Warner, realizando "The Woman I Love" (1937), "Nobres Sem Fortuna" (1937), "Confissões de um Espião Nazista" (1939), "Tudo Isto e o Céu Também" (1940) e "Dois Contra uma Cidade Inteira" (1940). Dirigiu com Frank Capra a série "Why We Fight". Ao final da guerra (com patente de Coronel), realizou "Uma Vida Por Um Fio" e "A Cova da Serpe nte" (ambos de 1948). Radicou-se em Paris no início dos anos 50. O penúltimo dos 41 filmes que dirigiu foi "A Noite dos Generais" (1967).   
 
Argumento Original: Julius Epstein (1909-2000) e Philip Epstein (1909-1952)
Os gêmeos Julius e Philip Epstein nasceram em Nova York. Ambos se formaram em 1931, pela Universidade da Pensilvânia. A parceria entre os dois foi frequente tanto na produção de argumentos originais quanto na de roteiros adaptados de vários sucessos de Hollywood como "Casablanca" (Michael Curtiz, 1942), pelo qual os irmãos e o dramaturgo Howard Koch ganharam um Oscar. A dupla também assina os roteiros de “Quatro Filhas” (Michael Curtiz, 1938), "Quatro Esposas” e “Daughters Courage” (ambos de Michael Curtiz, 1939), "Satã Janta Conosco" (Willliam Keighley, 1942), "Este Mundo É um Hospício" (Frank Capra, 1944), "A Última Vez que Vi Paris" (Richard Brooks, 1954) e "Os Irmãos Karamazov" (Richard Brooks, 1958). Todos os filmes da série "Why we Fight" tiveram a participação de Julius e Philip Epstein como roteiristas. 
Em 1952, no auge da caça as bruxas, Jack Warner entregou os nomes dos Irmãos Epstein ao Comitê de Atividades Antiamericanas. Eles não foram convocados para depor. Nos questionários previamente enviados pela comissão, quando inquiridos se já tinham sido membros de uma "organização subversiva", eles escreveram: "Yes. Warner Brothers."
O roteiro de "Prelúdio de Uma Guerra" contou também com a participação de Robert Heller, Eric Knight e Anthony Veiller.   
 
Música Original: Alfred Newman (1901-70)
Natural de New Heaven, Connecticut, Newman dirigiu musicais da Broadway até 1929. No ano seguinte foi para Hollywood. Em 1940, assumiu a direção musical da Fox, compÃ?s a trilha de 200 filmes, recebeu 45 indicações para o Oscar e nove premiações, entre elas a obtida por seu trabalho em “Suplício de Uma Saudade” (Henry King, 1956), cuja canção-título “Love Is a Many-Splendored Thing” correu o mundo nas vozes de Nat King Cole e Frank Sinatra. “Prelúdio de Uma Guerra” contou também com composições de Hugo Friedhofer, Leigh Harline, Arthur Lange, Cyril J. Mockridge e David Raksin.
facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!