Governo diz que não vai desistir do “pacote-arrocho” de jeito nenhum

Apesar da resistência em relação a várias das medidas de corte de gasto e aumento de receita anunciados na última segunda-feira pelo governo, os ministros do Planejamento, Nelson Barbosa, e da Fazenda, Joaquim Levy, garantiram que não pretendem modificar as propostas. Após cinco horas de reunião a portas fechadas com parlamentares da Comissão Mista de Orçamento, os ministros afirmaram que o governo não tem um plano B para realizar o ajuste fiscal. Nesta quinta-feira, os ministros apresentaram as medidas do pacote fiscal, inclusive a proposta de recriação da CPMF por quatro anos, com alíquota de 0,20%.

 

“O governo tem um plano A e é esse plano A que estamos empenhados em aprovar”, enfatizou Barbosa. Durante a reunião, deputados e senadores pressionaram para que o governo intensifique os cortes já feitos e colocaram em questão a eficiência das medidas de aumento de Receita. Apesar das reações contrárias, Barbosa garante que a proposta não será alterada. “A proposta que apresentamos continua a mesma”, disse.

“Não há intenção de modificar as propostas que a gente anunciou e devemos enviar (ao Congresso) o que foi anunciado. Evidentemente depois há um processo legislativo de discussão, mas isso seria uma segunda etapa”, emendou Levy.

 

Fonte O Globo

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!