Para Aécio, boa era a inflação de 12% de FHC

O tucano Aécio Neves disparou um falatório inflamado pela televisão contra inflação na quinta-feira (30), escondendo que no desastroso governo do seu padrinho político, Fernando Henrique Cardoso, a taxa chegou a 11,98% em 2002.

Segundo ele, o governo Dilma é "leniente" e a inflação está "fora de controle". Desorientado como sempre, Aécio só podia estar pensando na incompetência do "padrinho" ao falar em "governo leniente" com a inflação. Afinal, não é segredo que de uma média de 9,1% do período FHC, a inflação foi reduzida para 5,7% em média no governo Lula e mantém-se nessa faixa no governo Dilma. Ano passado a inflação medida foi 5,84% pelo IPCA.

Quanto mais FHC privatizava e desmantelava o Estado e aumentava juros, mais a inflação crescia, chegando aos 11,98%. Agora, como se o Brasil já não tivesse enterrado essa baboseira neoliberal toda, Aécio repete a rodo que "não basta aumentar os juros", como o BC fez recentemente, tem que, segundo ele, subir os juros, cortar investimentos públicos e arrochar salários dos servidores.

Fonte Hora do Povo

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!