Olga Assis: Homenagem aos que resistiram


Há mais de uma semana, a Câmara Municipal do Rio de Janeiro exibe em sua fachada "Ditadura Nunca Mais - Página infeliz da nossa história". Importante iniciativa ... faltou apenas a frase "Bombas Nunca Mais"!
momento exige respeito .... aos que tombaram, aos que resistiram e aos que continuam a luta por uma sociedade mais justa... importante todo o resgate que está sendo feito, todos os Atos e Manifestações para lembrar essa "página infeliz da nossa história".... Então se o momento é de lembranças e homenagens, faço aqui a minha homenagem ao combativo Antonio Carlos de Carvalho, meu companheiro por 15 anos e pai do Marcelo, Valéria, Miguel, Joana, Gabriel e Flavia.... lembrar que essa Casa de Leis foi alvo da sanguinária ditadura militar .... lembrar que na tarde do dia 27 de agosto de 1980, duas cartas bombas explodiram no Rio: uma causando a morte da D. Lyda Monteiro, secretária da OAB, outra no gabinete do vereador Antonio Carlos de Carvalho, e uma terceira bomba jogada a noite na sede do Jornal Tribuna da Imprensa. Na Câmara, a bomba enviada ao vereador, mutilou gravemente seu assessor José Ribamar Freitas, de 63 anos, que ficou cego, surdo, perdeu um dos braços e quase todos os dentes... E muito pouco se fala sobre o fato... não houve inquérito ou investigação, pelo contrário, ainda tentaram incrimina-lo, com insinuações de que Antonio Carlos, havia preparado o artefato e mandado para o seu próprio gabinete.... nenhum dos criminosos responsáveis pelo atentado foi preso ou julgado .... e na época, no quadro de seguranças da Câmara, havia um torturador, reconhecido pelos que haviam passado pelos porões da Ditadura, e um outro que integrava o grupo de Mariel Mariscot... Na década de 80, quando se anunciava a abertura política, a ditadura militar tentava de todas as formas deter o avanço do movimento popular e suas lideranças... Muitos foram presos, sequestrados, ameaçados e intimidados.... Antonio Carlos, que foi um dos mais combativos vereadores que a Câmara Municipal já teve começou sua militância no MR-8 aos 17 no movimento estudantil.... Foi preso no XXX Congresso da UNE em Ibiúna, em 1979, junto com centenas de estudantes ... Em 1970 foi preso e encaminhado ao Quartel da Polícia Militar, na Barão de Mesquita, sede do DOI-CODI ... Foi torturado violentamente por 30 dias, presenciando o bárbaro assassinato do dirigente comunista Mário Alves... Sua conduta e caráter marcaram sua trajetória política ... Foi coordenador da campanha de Lysânes Maciel em 1974, e em 1976 foi eleito vereador com 40 mil votos... seu mandato foi dedicado as causas populares, seu gabinete era aberto aos sindicatos e as entidades que começavam a se organizar ... teve destacada e corajosa atuação na Campanha pela Anistia e na reconstrução a UNE, foi ameaçada durante 2 anos pelo Comando de Caça aos Comunistas - CCC ... foi perseguido, teve sua casa invadida várias vezes ... aparelhos de escuta foram colocados em sua casa e gabinete ... sua coragem e combatividade não agradavam a ditadura ....Com o intenção de intimidar e atingir seu mandato, a repressão enviou uma carta bomba ao seu gabinete ... Antonio Carlos foi um dos fundadores do MDB e articulador da unidade das forças patrióticas e democráticas na vitória das eleições de 1982 e na campanha pelas Diretas ... O combativo Tonico faleceu em 1993, aos 45 anos, vítima do vírus HIV ... deixou para todos nós um exemplo de dignidade e honradez.... deixou de herança para seus filhos o imenso amor e respeito que dedicou ao seu povo e à humanidade .... o salão nobre da Câmara Municipal do Rio de Janeiro leva o nome de Antonio Carlos de Carvalho ....

Reproduzido do Facebook da Olga

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!