Grupo Quilombola de Luz realiza batizado e homenageia mestre Ananias na UMES

A capoeira da UMES e o grupo Quilombolas de Luz realizam uma roda de confraternização neste sábado, 20 de dezembro, às 13h, na sede da entidade. Na ocasião, o grupo Quilombolas de Luz realizará seu batizado, graduação, e uma homenagem aos 90 anos do Mestre Ananias. A roda é organizada pelo professor instrutor da capoeira da UMES, Pavio, e pelo professor Gugu, do Quilombolas de Luz.

Além de Ananias, estarão presentes os mestres Paulão, Índio Mocambo, Alexandre Garibaldo, Ron, Bambu, entre outros.

O convite também se estende para o Aulão de Capoeira na Praça Roosevelt, a se realizar na sexta-feira (19), a partir das 19h30. Às 21h do mesmo dia, o grupo Quilombolas de Luz também convida para um samba de roda, que acontecerá na sede do Grupo na Bela Vista. 

 

 

 

 

Mestre Ananias – Ananias Ferreira nasceu em 1924 em São Félix (BA), nesta região que vivencia a força e influência africana em solo brasileiro e que oferece a Capoeira, o Samba e o Candomblé como alicerces formadores da nossa cultura. Sua infância, portanto, foi brincar e compartilhar esse universo.

Ainda muito jovem, Ananias decidiu ir a Salvador onde é acolhido por um dos grandes mestres da Capoeira, Valdemar da Liberdade. Nessa época de formação da Capoeira (que se apresenta hoje) conviveu com grandes nomes como Mestres Pastinha, Nagé, Onça Preta, Noronha, Dorival (irmão de Mestre Valdemar), Traíra, Cobrinha Verde, Canjiquinha – de quem recebeu seu diploma - e tantos outros.

Em São Paulo desde 1953, Ananias contribuiu para dar visibilidade à riqueza do patrimônio espiritual e estético do Negro brasileiro, através do teatro e do samba. A partir de então estabeleceu residência na terra da garoa, e hoje está em plena atividade e é enorme influência para gerações na tradição da Capoeira Paulistana e o representante do Samba de Roda do Recôncavo Baiano na capital. 
Ananias Ferreira é uma figura emblemática da cultura afro-brasileira, que ao longo de uma vida extensa ─ com tenacidade e carisma ─ mantém viva a mais pura ancestralidade no moderno coração da maior cidade do Brasil. 
É o representante mais significativo entre os criadores de uma instituição que se mantém há mais de meio século: a roda de capoeira dominical da Praça da República em São Paulo. Dirige o centro paulistano de capoeira e tradições baianas Casa Mestre Ananias, localizado no Bixiga.

(Com informações da Casa Mestre Ananias) 

 

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!