Grande manifestação contra exercícios da OTAN foi realizada na Sicília este sábado

 

Grande manifestação contra os maiores exercícios da OTAN nos últimos dez anos foi realizada neste sábado em Marsala, na região da Sicília, nos arredores do aeroporto Birgi, adotado como centro de comando das operações aéreas da aliança.

 

O ato, organizado por comitês populares contrários à guerra e às ações da OTAN, percorreu as ruas na parte da tarde, às 15:00 no horário local. Os organizadores da manifestação convocaram os cidadãos a se mobilizar contra os exercícios e contra os que querem transformar a sua terra em “local onde se brinca de guerra”.

 

Segundo revelou ao Sputnik uma das organizadoras da manifestação, Chiara Paladino, que representou o comitê coordenador local contra guerra e OTAN, mais de mil pessoas de diferentes cidades da Sícilia, com Palermo, Catânia, participaram dos protestos.

 

“Estamos no centro histórico da cidade. Somos aproximadamente mil pessoas. Estamos nos manifestando contra OTAN, contra guerra, contra os grandes gastos para a manutenção de bases militares”, disse a interlocutora da agência.

 

Os maiores exercícios militares internacionais da OTAN nos últimos dez anos, com participação de 36 mil soldados de mais de 30 países, bem como de 200 aeronaves e 50 navios de guerra, estão sendo realizados na Itália, Espanha e Portugal de 3 e outubro a 6 de novembro. Os exercícios receberam o nome de Trident Juncture-2015 e contam com a participação dos exércitos, das forças aéreas e tropas de elite dos países do bloco e seus aliados, inclusive da Ucrânia.

 

Fonte Sputnik

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!