Governo eleva taxa de lucros nos pedágios de rodovias privatizadas

 

O governo decidiu melhorar a taxa de retorno das empresas que vão participar das licitações de rodovias neste ano e vai reajustar o valor dos pedágios a ser cobrado em até 62% em relação ao edital de agosto do ano passado.

O maior reajuste nos sete trechos que entrarão no leilão será aplicado aos pedágios da BR-153, em Goiás e Tocantins. No edital passado, o pedágio máximo era de R$ 5,84 por trecho de cem quilômetros. Após a revisão, o governo estima a tarifa máxima em R$ 9,48, uma alta de 62%. O menor reajuste será de 33%, na BR-153, em Mato Grosso do Sul. A estimativa inicial, de um pedágio de R$ 7,10 por cem quilômetros, subiu para R$ 9,47 segundo relatório da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).


Esta será a segunda revisão feita nas tarifas máximas dos pedágios desde a divulgação do edital de concessão. Num primeiro momento, a taxa interna de retorno manteve-se em 5,5% ao ano, mas aumentou o prazo de concessão e melhoraram as condições de financiamento dos projetos, entre elas juros de 1,5% ao ano acima da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), hoje em 5%. Essas alterações tiveram reflexo nos preços dos pedágios, que subiram. A tarifa máxima na BR-262, no Espírito Santo e Minas Gerais, por exemplo, foi corrigida de R$ 7,82 a cada cem quilômetros para R$ 10,15.No modelo de leilão adotado, o governo fixa um teto para o valor máximo do pedágio e a empresa vencedora é a que oferecer o maior desconto. Isso significa que os usuários poderão pagar um pedágio mais baixo que aqueles definidos no edital.

Como essa melhora na rentabilidade não foi suficiente para garantir o sucesso dos leilões, o governo decidiu mudar novamente as condições e desta vez elevar a taxa de retorno dos investidores de 5,5% para 7,2%. Com isso, a tarifa daquele mesmo trecho foi de R$ 10,15 para R$ 11,38. O pedágio mais caro poderá ser cobrado na BR-101, na Bahia (R$ 11,5), e o mais baixo na BR-153, no Mato Grosso (R$ 4,66).

Fonte: Valor Econômico

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!