Governo anuncia privatização de mais quatro rodovias e novo leilão da Ponte Rio-Niteroi

O ministro dos Transportes, César Borges, afirmou nesta sexta-feira que, com o govern vai leloar novamengte a Ponte Rio-Niterói. A ponte, que foi privatizada em 1994, faz parte do novo lote de concessões anunciado pela presidente Dilma Rousseff nesta sexta-feira no Palácio do Planalto. Serão quatro rodovias além da ponte.

 

O governo também considera cobrar bônus de assinatura do vencedor da concorrência, além da tarifa-teto de pedágio. O prazo de concessão será de 20 anos. Nas demais rodovias, será de 30 anos.

A presidente destacou, ainda que boa parte das rodovias tem como meta melhorar a competitividade da produção brasileira, com destaque às exportações.

- Eu acredito que esse modelo que construímos é de bastante sucesso. Conseguimos fazer cinco leilões no ano passado. Anuncio que o governo coloca hoje também mais cinco concessões - disse a presidente, destacando a qualidade da gestão privada nas rodovias.

 

Além da ponte, serão concedidas quatro rodovias que ligam a portos. Uma delas é a BR-163, com ligação à BR-230, em trecho que liga Sinop (MT) ao porto de Miritituba (PA), em continuação aos trechos de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que já foram concedidas.

Outras são o trecho que faz parte da chamada "rota da soja", envolvendo as BRs 364 e 060, ligando Rondonópolis (MT) até Goiânia (GO), a BR-364, de Jataí (GO) até o Triângulo Mineiro, e o conjunto das rodovias BR-476/153/282/480, passando pelo interior de Rio Grande do Sul e Santa Catarina, para melhorar a condição da exportação de carnes da região Sul.

 

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!