Europa envergonha o mundo; Unasul reage por Evo

Europa envergonha o mundo; Unasul reage por Evo

 

O presidente do Equador, Rafael Correa, anunciou que convocará uma reunião extraordinária da Unasul – União das Nações Sul-Americanas, para protestar contra a absurda proibição de França, Espanha, Portugal e Itália de que pousasse, para escala técnica, o avião do presidente da Bolívia, Evo Morales.

A negativa de pouso foi feita a pedido dos Estados Unidos, que suspeitavam que Morales pudesse estar conduzindo Edward Snowden, responsável pelo vazamento das informações de que o governo americano estava monitorando as comunicações telefônicas e cibernéticas de milhões de seus próprios cidadãos.

Morales, em Viena, Áustria, onde seu avião foi admitido, deu entrevista dizendo que nem viu Snowden em Moscou, nem trato do caso com o governo russo.

O mais deprimente é que esse absurdo ocorre dois dias depois da revelação de que os escritórios da própria União Europeia, integrada pelos quatro países, foram espionados pelo governo dos Estados Unidos.

Como se vê, desnecessariamente. Seria só pedir e os líderes franceses, italianos, portugueses e espanhóis autorizariam suas conversas serem gravadas, não é?

Vamos ter que mudar o chavão ufanista: mais uma vez a Europa se curva ante…os EUA. Que triste fim vem chegando para aquele que já foi o continente das luzes.

Por: Fernando Brito
facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!