Empresa brasileira testa avião elétrico

A ACS Aviation, uma empresa de São José dos Campos, está desenvolvendo um avião elétrico. A empresa é fabricante de aeronaves de pequeno porte e fará adaptações no modelo para receber a versão elétrica. O projeto é financiado pelo Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e tem como parceira a usina de Itaipu.

 

ACS Sora 100 pode levar duas pessoas; na versão elétrica aeronave comportará apenas o piloto

“Hoje o avião elétrico não é viável economicamente. Mas em 5 a 15 anos teremos aviões de quatro lugares voando com motor elétrico”, disse Alexandre Zaramella, fundador da empresa.

A ACS Aviation vai adaptar o modelo ACS 100 Sora, que transporta o piloto e um passageiro, para a versão elétrica. Para suportar o peso da bateria, o modelo só levará o piloto. “Ele terá duas horas de autonomia. É bem aquém de um avião a propulsão, de cerca de cinco horas”, disse Zaramella.

A motivação de Zaramella para pesquisar a tecnologia foi o alto custo do combustível para a indústria de aviação. “Como toda inovação tecnológica, hoje o avião elétrico é um produto de vanguarda. Mas no futuro haverá mercado.”

 

Marina Gazzoni

Fonte Estadão

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!