Dilma nega asilo a Snowden e resolve chaleirar Obama

 

Em entrevista publicada nesta terça (3) pelo "The New York Times", a presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou que "está certa de que podemos retomar nossa relação com os Estados Unidos de onde elas pararam" e que pode remarcar a visita de Estado que cancelou no ano passado; ela foi onrigada a cancelar a visita em meados de 2013, quando foi revelado por Edward Snowden que a NSA dos EUA espionou a presidente e vários assessores de seu governo.

 

Dilma também queria que os EUA vendessem caças para a Força Aérea Brasileira: a americana Boeing era a favorita dela para ganhar o negócio de US$ 4,5 bilhões. Dilma deverá assistir a um jogo entre EUA e Gana em Salvador com o vice-presidente Joe Biden, que até a crise com a NSA era seu principal interlocutor com a administração Barack Obama.

 

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!