Dilma anuncia pacote de privatizações em junho

Dilma anuncia pacote de privatizações em junho

Do México, a presidente Dilma Rousseff marcou a data do anúncio do pacote de privatizações: 9 de junho. Cada vez mais parecido com o governo fracassado de FHC, Dilma começa a anunciar, no próximo dia 9 de junho, as medidas para iniciar a maior queima de patrimônio público dos útlimos tempos. Nesta quarta-feira (27), a presidente Dilma Rousseff informou que as concessões de infraestrutura serão o primeiro item a ser lançado. .

 

“[É] uma série de outras iniciativas para fazer uma retomada nos investimentos no Brasil”, afirmou a presidenta, durante uma entrevista coletiva à imprensa que encerrou a programação da visita oficial ao México.

 

Dilma fez questão de ressaltar a importância do mercado interno daqui para frente. Segundo ela, o cenário internacional beneficiou muito o Brasil nos últimos anos com a valorização das “commodities” como o minério de ferro, mas esse ciclo de alta se encerrou e os preços destes produtos devem se estabilizar em níveis menores.

 

“Mercado interno de qualquer país é algo de valiosíssimo, portanto, a política de inclusão social levada a cargo por nós, nos últimos anos, ela foi muito importante. Porque além de ser uma política de inclusão social, foi uma política de expansão do nosso mercado interno”, salientou a presidenta.

 

Na entrevista, a presidenta destacou que o Brasil aposta em parcerias com outros países para estimular a economia. Ou seja, a presidente acha que é o capital estrangeiro que salvará o país. Por isso ela já anunciou, inclusive que vai vende blocos de petróleo do Pré-sal para os gringos. Na semana passada, lembrou ela, foram anunciados investimentos de chineses, como a criação de um fundo de US$ 50 bilhões para projetos de infraestrutura no Brasil, e também medidas que facilitam a exportações de carne para a China.

 

 

facebook