Criada a Federação Nacional de Agentes de Saúde

 

Representando mais de 300 mil trabalhadores em todo o Brasil, tomou posse na sexta-feira (19) a diretoria da Fenaac (Federação Nacional dos Agentes de Saúde, Agentes de Combate às Endemias, Agentes Cuidadores de Idosos, Agentes de Proteção Social e Agentes de Promoção Ambiental do Brasil) em solenidade na Assembleia Legislativa de São Paulo.

O ato contou com a presença de sindicalistas da categoria de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Alagoas. As principais lutas e reivindicações são: Piso Salarial Nacional, Plano de Cargos e Carreiras, Curso de formação técnica, Cesta Básica, Auxílio Creche, insalubridade e fim do desvio de função.

O presidente da Fenaac, José Roberto Prebill, lembrou a trajetória dos agentes de saúde. "Estou muito feliz porque fiz parte da criação da categoria dos agentes de saúde. Durante 15 anos trabalhei em um projeto como agente de saúde voluntário. Eu capacitava muitas lideranças para mostrar ao governo a importância de um projeto de agente de saúde. Anos e anos fiz esse trabalho de voluntário para mostrar para as autoridades que tudo isso que estamos fazendo hoje aqui é importante. E eu sempre acreditei", disse Prebill.

"Eu tenho orgulho de ser agente comunitário de saúde e saber da importância que esse trabalho tem. Também estou orgulhoso das pessoas colocarem esse voto de confiança na minha pessoa, me elegendo presidente. Agradeço a todos", ressaltou Prebill.

A diretoria financeira da Fenaac, Josiane Rodrigues, que é e da Executiva Nacional da CGTB, lembrou que "nós temos um grande compromisso daqui para frente. Nos planejamos, lutamos e galgamos todos os passos para chegar até aqui com muita luta e determinação. Não foi fácil. Mas essa nossa equipe que está se formando está apta a levar essa luta adiante".

André Augusto
Diretoria Executiva, Conselho Consultivo, Delegados Estaduais e Conselho Fiscal da Fenaac posa para foto

De acordo com Josiane, "nós sabemos toda a discriminação que passamos, as lutas que mesmo com anos e anos não conseguimos implementar, até que chegou o momento que percebemos que faltava a entidade representativa que tivesse o cunho e o dever ético e profissional de sentar com as administrações e pleitear o que é nosso de direito".

O secretário-geral da Fenaac, Mauricio Sarmento, que compõe a Direção Nacional da CGTB, salientou que "apesar da Fenaac ser uma grande demonstração de força dos agentes de todo o Brasil, temos que lembrar que os sabotadores da saúde ainda estão vivos. Já dizia alguns escritores, política e lógica e a lógica dela é a força. E nós estamos aqui demonstrando força. A Fenaac é de grande importância como instrumento de organização e mobilização dessa categoria em todo o Brasil".

Representando a CGTB Nacional, o secretário-geral da Central, Carlos Alberto Pereira, parabenizou a categoria "por mais essa vitória dos trabalhadores brasileiros e pela organização da Federação Nacional. Milhares de trabalhadores da categoria precisavam dessa organização no sentido de garantir seus direitos e melhorar as condições de vida desses trabalhadores. Vocês podem contar com a CGTB para apoiar vocês".

Paulo Sabóia, presidente da CGTB-SP, disse que para a Central "era um imenso prazer estar presente nesse ato histórico. Nós temos acompanhado o histórico de lutas do companheiro Prebill. Essa categoria é de gente aguerrida, de luta, que vai até onde os médicos não chegam nos rincões, nos lugares onde se tem mais necessidade. Essa é uma organização de heróis e a criação dessa Federação é uma vitória dos trabalhadores no geral".

O secretário da Saúde do Trabalhador da CGTB, Jorge Venancio, disse que "é uma grande vitória da categoria estar constituindo sua Federação Nacional. Ouvimos falar muito em humanização do SUS e humanização da saúde. E a categoria que é campeã em humanização é exatamente a categoria dos agentes comunitários. É a vanguarda da humanização dentro do SUS".

Também participou do ato da posse o secretário de Finanças da CGTB, Lindolfo Luis dos Santos Neto; a secretária interina da Mulher Trabalhadora da CGTB, Arlene Sabóia; a deputada estadual Vanessa Damo (PMDB); a secretária de Relações Internacionais da Confederação das Mulheres do Brasil (CMB), Ana Rodrigues; a diretora do Congresso Nacional Afro-Brasileiro (CNAB), Solange do Carmo; Daniel Jardim, representando o senador Antonio Carlos Rodrigues; e Maciel Moreira, representando a Secraso-RS, entre outros.

Fonte CGTB

 

 

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!