CPI: Bancada do PT faz elogios ao assaltante da Petrobrás

O relator da CPI da Petrobrás, deputado Luiz Sérgio (PT-RJ) chamou Marcelo Odebrecht, acusado de roubar a Petrobrás  de "jovem executivo de uma das mais importantes empresas brasileiras" e defendeu que "pela importância da empresa para o desenvolvimento e as obras e empregos que geram no país, o instrumento de [acordo de] leniência seja preservado para que ela possa se manter". Fez perguntas a Marcelo sobre quais são os mecanismos das doações eleitorais e qual a diferença entre as licitações na Petrobras e nos governos estaduais, mas não obteve resposta.

 

"Esse é o tipo de matéria que faz parte do processo criminal e com certeza será levado aos autos pela minha defesa. Agradeço a oportunidade de fazer a defesa publicamente, mas faremos isso nos autos do processo", disse o empreiteiro.

 

Já o deputado Valmir Prascidelli (PT-SP) perguntou-lhe se considerava "adequada e correta a prisão, considerando que se colocou sempre à disposição". Marcelo não respondeu. "A minha vontade de responder é muito grande, mas essa resposta fará parte da estratégia de defesa", disse.

 

Marcelo Odebrscht foi preso em junho em uma das fases da Operação Lava Jato –depois, teve a prisão prorrogada e é acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa pelo Ministério Público Federal. Ele partcipa de um cartel que foi responsável pelo roubo de bilhões aos cofres da Petrobrás.

 

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!