Coxinhas são repelidos ao tentar impedir ato do PT em São Paulo

 

Um grupo de baderneiros tentou encerrar ato do PT de São Paulo e foi impedido pelos militantes do partido na noite da última sexta-feira (27) na capital paulista. O evento do PT lançou a candidatura do ex-prefeito de Osasco, Emídio de Souza à presidência estadual da sigla.

Os baderneiros se concentraram na avenida Paulista e percorreram diversas ruas do centro. Protestando contra os embargos infrigentes, recurso aceito pelo STF aos réus da Ação Penal 470, o grupo de cerca de 150 pessoas se dirigiu à frente da sede do PT, no centro e em seguida, se dirigiu à Casa de Portugal, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro da Saúde Alexandre Padilha e o prefeito da capital, Fernando Haddad, participavam do lançamento da candidatura de Emídio.

Durante o protesto, os baderneiros começaram a gritar em frente ao local, ameaçando inclusive de invasão.

Militantes do PT saíram do evento e reagiram às provocações a fim de expulsar o grupo. Após alguns minutos de confusão a polícia interviu para conter o tumulto e algumas pessoas ficaram feridas. Ao que tudo indica, os principais feridos foram do lado dos coxinhas que levaram a pior. A PM deteve duas pessoas.

 

Fonte Hora do Povo 

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!