Controlador do Financial Times compra grupo brasileiro Multi

O grupo britânico de mídia e educação Pearson fechou acordo para comprar o Grupo Multi, maior rede de ensino de idiomas para adultos do Brasil, em uma operação de 440 milhões de libras (R$ 1,7 bilhão), sem incluir dívida da companhia brasileira. Fundado em 1987, o Grupo Multi atende mais de 800 mil estudantes no Brasil e possui as marcas Wizard, Yázigi, Microlins e Skill. No ano passado, teve lucro operacional de 130 milhões de reais (42 milhões de libras).

Além dos 440 milhões de libras, a controladora do jornal “Financial Times” vai assumir dívida de 65 milhões de libras da família Martins e da companhia de investimentos Kinea. Segundo a Pearson, a transação está sujeita a aprovação de autoridades regulatórias, e deve ser concluída no primeiro semestre de 2014.

O presidente executivo da Pearson, John Fallon, está reorganizando a companhia para se concentrar em economias em crescimento e EM serviços digitais, em vez de Europa e América do Norte, onde medidas de austeridade atingiram o gasto público.

A empresa afirmou que a compra vai ajudar a empresa a acelerar o desenvolvimento de suas escolas de inglês no Brasil e acrescentou que planeja usar os produtos e serviços da Multi em suas escolas de negócios e em outros países.

O Brasil é o quarto maior mercado para o idioma inglês no mundo, avaliado em 2 bilhões de libras (R$ 7,73 bilhões) por ano. A demanda tem crescidona medida em que o país se prepara para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

A compra da Multi ocorreu depois que a Pearson acertou, em 2010, acordo para compra dos sistemas de ensino da brasileira SEB e de controle indireto na empresa em uma operação de R$ 613 milhões.

O anúncio desta terça-feira acontece também depois que a Pearson vendeu o serviço de notícias financeiras Mergermarket, por 382 milhões de libras, no final de novembro.

"A companhia tem sido uma boa vendedora de ativos e os recursos estão sendo reutilizados em áreas de crescimento mais acelerado, particularmente em mercados emergentes e serviços educacionais em mercados desenvolvidos e emergentes", disseram analistas do Citi em relatório. "Se a venda da Mergermarket foi um belo exemplo da primeira parte deste ciclo, a transação de hoje é um bom exemplo da segunda parte do ciclo", acrescentara

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!