Sérgio Cruz e Eliana Reis

   Sérgio Cruz e Eliana Reis

 

Sérgio Cruz nasceu em Lambari-MG, tem 60 anos, é médico e jornalista. Casado com Eliana Reis, tem três filhos, Rodrigo, Júlia e Ernesto. Agora mais recentemente é também avô do Lucas, filho do Rodrigo e da Fernanda, da Manu, filha da Júlia e Fabiano e da Ana, irmã do Lucas. Há mais de duas décadas adotou como sua a cidade de São Paulo e atualmente reside no tradicional bairro do Ipiranga, na região sul da cidade. Formou-se em 1979 pela Escola Nacional de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e concluiu a Residência Médica no Hospital Federal do Andaraí em 1981. No ano seguinte mudou-se para Brasília onde viveu por 10 anos. Na capítal participou ativamente da campanha das "Diretas Já!" e de todas as lutas pela melhoria das condições de vida dos trabalhadores e da população candanga. Junto com Marco Antônio Campanella, Eliana Reis e várias outras lideranças polítcas da região, Sérgio Cruz foi um dos artífices da emancipação política do Distrito Federal. Cumpriu a função de diretor do Núcleo de Programas Especiais da Secretaria de Saúde da capital federal. Convidado, exerceu a função de assessor especial do Ministério da Saúde e integrou a Comissão Nacional Organizadora da VIII Conferência Nacional de Saúde, que criou o SUS em 1986. Transferiu-se para São Paulo em 1992 e trabalhou em diversos hospitais públicos e privados da capital paulista e do interior. Obteve o título de especialista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica e exerce há 14 anos a função de médico assistente do Hospital Universitário da USP. Nesta instituição acadêmica é chefe de equipe, atendendo pacientes da região do Butantã, Rio Pequeno, Jaguaré, Vila Sônia e Raposo Tavares em regime de ambulatório, pronto socorro e no Programa de Assistência Domiciliária. Atualmente trabalha como redator do Jornal Hora do Povo, onde denuncia os crimes do neoliberalismo e procura fortalecer a luta por um Brasil mais livre justo e soberano. É membro do Diretório Nacional do Partido Pátria Livre (PPL) e presidente do Diretório Zonal da Região Central da cidade.

 

 

Eliana Reis é jornalista. Nasceu em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, em 1958. Mudou-se para o Rio em 1978 onde estudou Sociologia na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Participou ativamente da reconstrução do Movimento Estudantil, integrando a diretoria do Centro Acadêmico da Sociologia da UFRJ. No final de década de 70 e início dos anos 80 trabalhou na direção do Jornal Hora do Povo. Participou ativamente da luta pela derrubada da ditadura militar e a conquista da democracia política. Mudou-se para Brasília após casar-se com Sérgio Cruz. Na capital federal, organizou a luta das mulheres candangas por melhores condições de vida e de trabalho e contra a discriminação feminina. Em 1986 fundou a Federação das Mulheres do Distrito Federal e criou várias associações de mulheres nas cidades satélites e na zona rural. Tornando-se uma grande liderança feminina e política da cidade, participou da campanha das “Diretas já” e ajudou a colocar um fim na ditadura militar que infernizou o Brasil por mais de 20 anos. Ocupou o  cargo de Secretária Adjunta do Trabalho do DF no primeiro governo democrátio após o fim do regme autoritário. Neste cargo impulsionou o Movimento Sindical e feminino de toda a região. No início da década de 90, mudo-se para São Paulo e passou a assumir funções de jornalista na redação do Jornal Hora do Povo. Hoje é editora de economia e política do jornal. Eliana tem três filhos, Rodrigo, Júlia e Ernesto e, mais recentemente, é também avó do Lucas, filhinho de Rodrigo e Fernanda, da Manu, filha da Júlia e da Ana, irmã do Lucas .

 
facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!