Com 70% das urnas apuradas, Bachelet vence a eleição no Chile

 

Com 70% das urnas apuradas, a ex-presidente chilene, Michelle Bachelet venceu as eleições presidenciais do Chile neste domingo (15) e voltará à presidência do país. A candidata governista Evelyn Matthei já reconheceu a derrota, segundo a imprensa local.

"Está claro, ela ganhou e a parabenizo", disse Evelyn Matthei à imprensa chilena. Em conversa telefônica com o presidente do país, Sebastián Piñera, Bachelet disse que, a partir de março, será a "presidente de todos os chilenos".

Bachelet teve cerca de 62% dos votos e Matthei ficou com por volta de 37%. Com a vitória, ela é a primeira presidente a ser eleita pela segunda vez em mais de 60 anos no país, depois de ser a primeira mulher presidente. As eleições tiveram cerca de 5,6 milhões de votos, segundo o serviço eleitoral chileno.

Bachelet, de 62 anos, teve a maior votação de um candidato à presidência desde que o país retornou às eleições democráticas, em 1989. Sua vitória marca o retorno da esquerda à presidência do Chile, após quatro anos de governo de centro-direita de Sebastián Piñera, aliado de Matthei. A líder socialista encontra um país diferente do que assumiu em 2006, à frente da Concertação, coalizão de esquerda que governou o Chile por duas décadas.

 

Fonte G1

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!