Campos: Brasil tem pauta de exportação dos anos 40

A política fiscal equivocada e o cenário cambial desfavorável são alguns dos entraves para o sucesso do Brasil no mercado internacional e estão entre as causas de o país ocupar, hoje, mesma posição que ocupava no final dos anos 1940 no mercado internacional. Em plena era da tecnologia, minério de ferro e soja seguem sendo os principais produtos exportados pelo Brasil.

Hoje, na pauta de exportação, produtos básicos e semimanufaturados ocupam as 10 primeiras colocações em valores. Produtos de maior valor agregado aparecem na décima-primeira e décima-segunda colocações, com apenas 1,75% e 1,56% de participação nas vendas.
De acordo com o jornal Brasil Econômico, de janeiro a abril de 2014, o Brasil acumulou a maior participação de produtos básicos no total exportado desde 1998. Há cinco anos, os produtos primários respondiam por 40,5% e os industrializados por 44%. Hoje, os produtos básicos somam 49% do total comercializado, e os manufaturados 37%.

É preciso buscar um equilíbrio: manter o ritmo de exportação das commodities e, ao mesmo tempo, fortalecer a indústria brasileira e o setor de prestação de serviços. Precisamos de uma política fiscal equilibrada, que beneficie a economia nacional e fortaleça a relação com os investidores, que gere desenvolvimento e nos coloque melhor no cenário internacional.

Fonte Facebook do Eduardo

facebook


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!